Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Mulheres na Bíblia - Lídia, uma comerciante influente


Lídia veio de Tiatira, uma cidade da província ocidental de Lídia, na Ásia Menor.  Originalmente, seu nome pode ter sido a designação de sua cidade de origem, "uma mulher de Lídia". Quando encontrou Paulo, ela vivia em Filipos, uma importante cidade da Macedônia, no continente europeu.
Comerciante rica e influente, Lídia vendia artigos tingidos de cor púrpura, uma tinta bastante valorizada obtida a partir de certos moluscos - um negócio lucrativo e respeitável. Ela tinha uma casa espaçosa que podia acomodar muitos visitantes e servos para atender suas necessidades. Isso devia representar uma rara façanha em seus dias. Certamente, ela deve ter sido uma mulher batalhadora, ousada e inteligente para ter alcançado tal sucesso.

Num sábado, Lídia foi para a parte do rio que havia sido designada pelas autoridades romanas de Filipos como o local de oração e adoração dos judeus. Ali, encontrou Paulo e Silas, que haviam estado em Filipos por apenas pouco tempo. Junto ao rio, outros podem ter rejeitado as palavras de Paulo sobre Jesus, mas Lídia as aceitou e tornou-se crente. Quando creu, ela fez a confissão de fé ao mundo todo por meio do batismo e, então, reuniu toda sua casa, contou-lhes o que havia acontecido e os convidou a crer. Depois que toda sua casa aceitou a Cristo como salvador e todos foram batizados, Lídia convidou Paulo e Silas para permanecerem em seu lar. Quando Paulo e Silas foram lançados na prisão filipense, Lídia os visitou e atendeu às suas necessidades. A casa dela tornou-se o local de reuniões da primeira igreja européia.

Lídia foi rápida em perceber que tudo o que era dela antes de sua conversão - casa, negócios, posses - agora pertencia ao Senhor. Ela tinha um novo sócio, o Senhor Jesus, um novo propósito: servi-Lo e uma nova satisfação em buscar e ser bem sucedida a fim de glorificar o Senhor. Suas aspirações profissionais não  a impedia de compartilhar o evangelho com sua família e amigos. Ela não estava ocupada demais para separar tempo para a hospitalidade (At 16.15).

O nome de Lídia aparece apenas duas vezes na Bíblia. Aparentemente ela foi a primeira gentia convertida na Europa, a primeira comerciante cristã e a primeira a abrir sua casa como o centro de adoração dos cristãos europeus.
Lídia provou não apenas para Paulo e para a Igreja Primitiva, mas também para todas as futuras gerações, a importância e a influência de uma mulher determinada, prevenida e generosa.


Onde encontrar?
Livro de Atos a partir do capítulo 16.11


Referência - A Bíblia da Mulher - Sociedade Bíblica do Brasil

Um comentário: